sábado, 25 de junho de 2011

Blogagem Coletiva - Esmalte + Livro

Vou confessar que:

Pareço legal mas não leio um livro faz tempo...

Eu já li muito, muito mesmo, mas faz um tempo que não pego um livro pra ler, leio várias coisas como revistas, artigos, textos, muita coisa na net, agora pegar um livro pra ler ando preguiçosa... é só começar a ler e o sono vem forte... meu marido me disse: "não pode ler deitada, claro que dá sono..." 
E olha que não é por falta de livros, aqui em casa tenho dois leitores vorazes e uma pequena biblioteca, marido adora ler e o filho também.
Acho que é um bom momento de rever isso na minha vida.

A proposta da semana é escolher um livro que esteja lendo ou um livro que marcou sua vida, esmalte a escolher...
Esses dois livros eu li e gostei muito... o esmalte é o Boca de Sino - Impala Nova 70 a Thays Rocha falou tão bem dessa cor que pintei para experimentar...




Aproveitando o post quero mostrar pra vocês o organizador lindo que a Ana Paula Santiago fez pra mim, coisa mais linda e de um capricho que fiquei encantada, Ana foi super atenciosa e querida, me mandou uma cartinha carinhosa e um vidrinho mágico de colorir as unhas...
Vai lá conhecer o Inventado Casa e veja as coisas lindas que ela faz... ah ela aceita encomendas viu?!
Olha só como a cor do esmalte super combinou com o organizador...


No blog da Fernanda Reali tem fotos criativas com ótimos livros e lindas unhas... corre lá!

Bjos, Fabiana

Ps: Farei um sorteio de esmaltes e mais umas coisinhas aqui no blog!

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Bem vinda aos 39 Fabiana!



É hoje que eu entro em contagem regressiva para os "enta" "quarenta", mas ainda faltam 366 dias (2012 é ano bissexto) pra isso acontecer e na verdade eu não vejo problema nisso não... geralmente as mulheres tem crises existenciais nos 30 anos, depois nos 40 anos, não tive nos 30, pelo menos que eu lembre e pretendo não ter nos 40, já estou me preparando psicologicamente para tal acontecimento em minha vida.  Claro que o corpo já não está mais como nos 20, de lá pra cá tive três filhos, nesse "meio" tempo a força da gravidade entrou em ação, são quilos distribuídos no meu corpo, pneus na barriga, e o que falar de um peito que amamentou orgulhosamente três crias? Continuando... corpo meio desconforme, umas ruguinhas de expressão e mais umas coisinhas pequenas quase insignificantes.

Tá! quase 40, mas vamos ver as coisas pelo lado bom (sempre tem um lado bom em tudo eu acredito!), hoje completando 39 anos, me sinto realizada, sou casada com um homem maravilhoso, tenho três filhos lindos, trabalho, tenho tudo para estar bem e ser feliz, me sinto amadurecida, responsável, com as coisas bem definidas na minha vida.
Lógico que nem tudo são flores, tenho problemas também, choro, sofro, tenho TPM, fico triste, de mal humor, xingo no trânsito, brigo com o marido (só um pouquinho), pego no pé dos filhos (rola até uns gritos) tudo dentro da normalidade, eu acho! Isso é viver, nada de extremos: tudo péssimo ou tudo maravilhoso, na real isso não existe. Procuro lutar pelos meus sonhos e coisas que acredito, tenho sempre pensamento positivo, além é claro de acreditar muito em Deus.

Sabem de outra coisa, hoje sou muito melhor como pessoa do que aos 20 anos #fato 
Não adianta lutar contra o tempo, ele vem implacável, nós é que precisamos usá-lo a nosso favor e tirar as melhores lições de cada fase da vida...

Deixe aí um parabéns que ficarei muito, muito feliz!

Bjos, Fabiana

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Quarto da Julia...

Antes de começar a falar e mostrar o quarto da Julia, vou fazer uma introdução do assunto, puxa o banquinho e senta...

"Julia adora pintar com lápis de cor, tintas, cola colorida, cola com gliter, giz de cera, canetinhas...
Cortar papéis é com ela mesmo! Não ouse deixar um documento importante ao alcance dela que certamente ele ficará em pequenos pedaços... até a bíblia da catequese do irmão ela já cortou.
Cadernos, papéis coloridos, agendas, adesivos, livros de histórias, ela adora!
Ela mexe por tudo e cata tudo que for do interesse dela, não tem acordo, procuro alguma coisa na minha mesa de trabalho e cadê?"

Agora vamos ao "flash back anos..." ah deixa pra lá....

Eu quando criança (não faz tanto tempo assim....) simplesmente amava tudo isso que citei que ela ama, com uma pequena diferença... não existiam tantos materiais como hoje, meus cadernos eram encapados com plástico xadrez, meu sonho de consumo era uma caixa de lápis de cor 36 cores, canetinhas Sylvapen 6 cores, cola, tesoura, régua  e só!
Quando minha mãe comprava meu material escolar, eu tirava e colocava tudo dentro da "mala positivo" umas três vezes por dia, ficava admirando encantada e não via a hora das aulas começarem... cuidava de tudo, usava com cautela para não gastar... kkkk 

Voltando...

A fruta não cai longe do pé! Minha filha puxou a mamãe!
Ainda hoje, adoro ir em papelarias e fico doida com a variedade e quantidade de opções que temos em material escolar e de escritório... canetas e lápis de todas as cores... tintas, colas, adesivos, cadernos com os mais variados temas, capa dura (nada de encapar) fita adesiva, post it, fichários, blocos de anotação, agendas, borrachas, apontadores, furadores com diversas formas... muita coisa linda, eu adorooooo!

O quarto?

É lindo, paredes rosa, móveis brancos ainda de bebê, sem berço, com mini cama... pouco espaço!

O que faltava?

Um lugar pra ela fazer as "atividades" como ela mesma diz.

Pensei em fazer uma bancada, com todos os materiais ao alcance, além dela ter um cantinho confortável pra ela, minha sala ficaria mais organizada...

Dá uma olhada no antes e depois...



Mesinha na sala e bagunça...



Vou ser sincera: escondi a bagunça real da minha sala! Essa mesinha aí de cima nem tem bagunça né?

Eu havia mostrado alguns objetos do quarto AQUI só um aperitivo das mudanças que fizemos por aqui.

Agora vou mostrar como ficou prontinho e arrumado...







A dona do quarto Julia Mariah



 Gostaram?

Eu adorei, como é bom fazer uma modificação na casa, agora vou ter que sossegar um pouquinho pois em breve vamos mudar de casa. Já tô cheia de ideias.
Ps1: Obrigada Margaretss e Isabela pelas cestinhas que foram enviadas carinhosamente para Julinha, ela adorou e eu também!
Ps2: Lembram que meu sonho era ter uma caixa de lápis de cor de 36 cores? Eu tive! Ainda bem né? senão seria traumatizada até hoje... teria que gastar com terapia... kkkk

domingo, 19 de junho de 2011

Blogagem coletiva! Impala Novo 70

Outra vez atrasadinha... 

Puxa o banquinho e senta que lá vem um "causo"...

A blogagem dessa semana seria escolher uma cor do Impala Novo 70 e se possível fazer a foto com um objeto da década de 70...

Corri no google pesquisar com a esperança de ter algo em casa que pudesse usar, ha ha não tinha nada, somente euzinha que nasci na década de 70, mas na minha pesquisa descobri que minha mãe tinha muitas coisas e deve ter até hoje...
Continuei minhas buscas pra fazer uma imagem bem legal anos 70 e nada, encontrei carrinhos da Hot Wheels na coleção do filho e do marido: (ainda não estava satisfeita!)

Chavelle SS Wagon TM GM 1970

Chevelle SS 1970
Aí que voltando da casa da minha mãe, passamos tomar um caldo de cana no Alto da XV em Curitiba, Julinha dormindo, pedimos um caldo para viagem, minha surpresa ao ver a garrafinha dentro de uma sacolinha personalizada e...

Caldo de Cana das Nações - Desde 1972 - Curitiba/PR

Esse local existe desde 1972 (ano que eu nasci, shiiiiii não conta pra ninguém...kkkkk) é o melhor caldo de cana da cidade.
Achei que ficou completa minha blogagem Anos 70.


Vista de Curitiba - Alto da XV - 19/06/11

Lá no Blog da amiga Fernanda Reali você vê várias cores da Coleção e fotos super criativas, passa lá viu?

sábado, 18 de junho de 2011

Fondue de queijo...

Essa receita eu peguei no Jornal local aqui da cidade, super simples de fazer e aprovada aqui em casa.

Eu não sou uma "cozinheira" das melhores, gosto de cozinhar e faço o básico sempre bem caprichado, com bastante tempero, então acaba sempre ficando gostoso.

A receita é simples e muito fácil de fazer, combina com uma noite fria e um vinho!

Vamos lá!

Ingredientes:

2 colheres de manteiga
2 colheres de farinha de trigo
2 copos de leite frio (400ml)
Sal e pimenta branca a gosto
150g de queijo parmesão ralado

Como fazer?

Derreta a manteiga em fogo baixo, acrescente o trigo e continue mexendo, coloque o leite, sal e pimenta, não pare de mexer para não embolar, deixe cozinhar por 3 minutos, sempre mexendo, vai ficar um creme assim:


Coloque o queijo parmesão ralado, escolha um queijo de boa qualidade e cuidado com o sal, pois o parmesão é salgado... (você pode usar outros queijos...)
Fica assim:


Usei um pão italiano, tirei o miolo, reguei com azeite de oliva e coloquei no forno por 5 minutos:
Eu fiz isso antes de começar fazer o creme.


Coloque o creme dentro do pão, salpique um pouco de orégano e queijo parmesão. Leve ao fogo para gratinar... 5 minutos. Pronto!



Fondue, um vinho e família reunida, precisa mais pra uma noite de sexta-feira?
Se ficou alguma dúvida pode perguntar viu?

Bjos e ótimo sábado!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Blogagem coletiva! Esmalte e Romance

Estou atrasada com esse post, deveria ter feito no sábado, mas maridão voltou de viagem e ficamos o final de semana matando a saudades (que era grande! rsrs)
Sábado curtimos o dia em casa com as crianças, domingo um churrasquinho com meus pais aqui em casa, a tarde uma saidinha para um caldo de cana no parque e depois amigos vieram em casa.

Fiz a unha hoje e aproveitei para passar um esmalte que ganhei do marido: Vermelho Dior 999 (Luxo, poder e glória hahaha)

No blog da Fernanda Reali você verá muitas fotos lindas e românticas... Corre lá!

Marido participou das fotos e Luís Gustavo foi o fotógrafo oficial.




Próximo sábado teremos o Baile dos Namorados do CIVC no Clube Santa Mônica!

sábado, 11 de junho de 2011

Eeeeee marido voltou!


Pois é, depois de tantos dias viajando ele voltouuuu!!!
(GrazaDeus! Sonhei que ele tinha achado uma tailandesa e ficava por lá...) ~brincadeira~

Eu e as crianças esperávamos ansiosos, estávamos preocupados com as cinzas do vulcão, atrasos no vôo, mas graças a Deus tudo aconteceu dentro do previsto.

Eu havia pedido objetos de artesanato da Tailândia e marido trouxe coisas lindas: vários objetos talhados na madeira para nossa casa, jogos de madeira para as crianças, moedas para coleção do Luís Gustavo, quadros, elefantes de madeira, me trouxe duas túnicas lindas uma branca e uma bordô, chales e cangas MARAVILHOSAS que vou arrasar na praia... Pratas 92.5% lindo demais!

Ele passou um dia em Dubai (farei um post sobre isso) conheceu o maior Shopping do mundo, 33 quilômetros de corredores e 1300 lojas, eu fiz um pedido de batons, esmaltes e cremes... 
Ele caprichou nas escolhas, Lancôme, Dior e Orlane Paris.

Perfumes, cremes, esmaltes, batons...

Esmaltes e batons
Tratamento facial completo
Perfume em gel, hidratante e perfuminho lindo!

Colar e pulseira
Colar lindoooo!
Chale e cangas.
Bolsa linda!



Muitas coisas lindas, muito carinho, muito amor!

Obrigada Francisco, amor da minha vida, adorei tudo!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Educação dos filhos.

Assunto difícil esse não?

Eu sou Pedagoga em uma escola de Educação Infantil, atendemos aqui 52 crianças de 2 a 6 anos, é uma escola particular, em um bairro da cidade.

Ontem precisei chamar a mãe de uma aluna pra conversar, essa criança (de 5 anos) tem um comportamento difícil, além de não alcançar os objetivos proposto pela professora atrapalha as outras.
Antes de qualquer coisa eu analiso toda a situação, pois vários fatores podem estar contribuindo para esse tipo de comportamento e na maioria das vezes encontro pais confusos, sem saber como agir na educação dos filhos e se sentindo culpados por trabalharem fora e deixar a criança na escola, falta de tempo, etc...

Vejam só: "eu trabalho fora, fico o dia todo longe, chego a noite, banho, jantar e cama, no outro dia tudo novamente" finais de semanas são compensados com "deixo fazer tudo o que quer, pois coitadinho(a) já ficamos a semana toda longe".

Isso me deixa cada dia mais preocupada com o futuro, crianças sem limites, sem educação, imediatistas, que muitas vezes são diagnosticadas "hiperativas" pelos próprio pais, que falam aos quatro ventos que não sabem mais o que fazer com o filho, que não obedecem, que já tentaram de tudo e nada adianta.

Devo dizer que:

Educação vem de casa, não e na escola que vamos educar as crianças, fazemos SIM parte do processo educativo, mas isso é tarefa dos pais!

Vivemos em uma sociedade onde é preciso pai e mãe trabalharem fora de casa, isso não é motivo de se sentirem os piores pais do mundo.

Quantidade de tempo com o filho(a) não está relacionada com a qualidade de tempo que você dedica ao seu filho. De nada adianta passar o dia todo em casa sem parar e dar atenção para criança: conversar, brincar, ensinar, dar carinho... Isso pode ser feito diariamente mesmo você trabalhando fora o dia todo.

Criança precisa se sentir amada, precisa de limites, precisa ouvir NÃO, precisa saber negociar, fazer trocas, confiar nos pais, precisa sentir-se segura.

Criança precisa brincar, rolar no chão, cantar, sorrir, ouvir histórias, imaginar e os pais precisam fazer parte disso.

Criança precisa de bons exemplos, precisa de conversas esclarecedoras do que é certo e errado, nada de discursos e falatórios, conversas simples e rápidas para que realmente entendam o que estão ouvindo.

Criança precisa de atenção, carinho,  precisa muito de limites bem definidos e precisa de pais conscientes que saibam de suas responsabilidades com seus filhos. 

Quero muito ler sua opinião... fique a vontade nos comentários.
Obrigada!
Fabiana

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Quarto da Julinha...

Hoje vou contar pra vocês que estou fazendo uma modificação no quarto da Julinha, (coisa muito simples pois em breve estaremos mudando de casa) está quase pronto, só faltam uns pequenos detalhes: colocar umas coisinhas na parede e estou esperando chegar umas cestinhas coloridas que vem direto de Salvador, carinho recebido da Margaret e da Isabela pra terminar tudo...

Vou mostrar só uns detalhes para vocês ficarem curiosas em ver o resultado final...

Volto logo com tudo pronto...

Cesta para cadernos, folhas e agendas...

Cadeira fofa!

Lixeira fofa de bolinhas!

Cesta para livros de histórias e gibis!

terça-feira, 7 de junho de 2011

Bali - Indonésia

Continuando o diário de viagem... (do marido!) Agora em Bali...
Esse é o último destino, a partir de quarta-feira 08/06 retorno ao Brasil (Graças a Deus!)


"Rotina de um domingo muito fora do normal. Eu particularmente acordo com o aroma do café feito pela minha esposa. Hoje, no entanto, fomos despertados às 2:00am e tomamos café sem café, somente um suco e umas coisas mais. A partir desta hora, o dia todo como rotina forte de aeroporto de despacho de malas mais os serviços de emigração para Bali, Indonésia. O vôo demorou em torno de quatro horas, direto sem escalas. 

Chegamos em Bali, por volta das 13:00 e no hotel perto das 14:00 direto para almoço. Durante o resto do dia, andamos em um tipo de " fusca " daqui e no final da tarde, um pouco da cultura local e jantar à beira da praia. Esta é uma ilha e uma reginão vulcânica também, apesar de não ter vulcões ativos.... também é uma cidade que transmite muito misticismos, algumas coisas, no entanto, ainda não deu para entender...."












"Após uma boa noite de sono, quase 6H, saímos bem cedo para a ilha Lembongan, também conhecida como Ilha dos Deuses ou ainda Ilha dos mil templos. Aqui, cada casta constrói um templo. Os Balenezes tem como religião o hinduísmo apesar de também permitir outras. Percebam nas fotos que os templos são bonitos e eles também mantem a tradição de ter uma casinha, ou pequeno templo ao lado da sua casa. Eles " rezam " para os espíritos e para os deuses aos quais depositam sua crença. Costumam fazer pequenas oferendas, acender incensos, levar flores e harmonia a estes templos e pequenos templos.
O Barco que nos levou, de batizado " Catamarana ", gasta em torno de 90 minutos para a travessia, apoiado por pequenos barcos na saída e na chegada.....
O mar daqui é impressionante, com ondas calmas e um azul " anil " que dói aos olhos. O Catamarana desliza sobre as águas com suas velas infladas e a meio motor. Vencido o tempo da travessia, chegamos à Ilha Lembongan, quase como uma descoberta de um mundo novo, coisas que surpreendem nossos olhos. A música que nos recebeu é da tradição local, que remete ao passado e carrega toda a cultura mítica que alegra nosso coração.
Em uma pequena praça da ilha observamos as crianças preparadas para pegar o barco para ir à escola. Estes, estudam Inglês, Espanhol além de sua língua mãe. O tempo foi generoso conosco, estamos na estação da seca aqui cujo sol de 40 graus recomenda cuidado (obrigado Fabiana pelo protetor solar, bonés e todas as camisetas). A principal cultura da ilha, além da pesca e turismo é a criação de algas marinhas, muito utilizadas na indústria cosmética e alimentação. 
Na ilha, como em toda a Bali eu pude perceber que crianças trabalham em algumas atividades. Talvez aquelas que vi indo à escola, são de alguma casta que permite isso.
Aqui, existe uma inflação igual à que tínhamos na década de 1970/80 no Brasil (me perdoem se estiver errado). Trocamos $100 e ficamos com 8200000 (oito milhões e duzentas mil Rupias). Ficamos ricos :) . Um litro de gasolina, custa 7500 Rupias, ou quase $1, mais barato que um refrigerante. Qualquer pessoa pode montar uma banquinha e vender gasolina e andando pela cidade, vemos muitas com dezenas de litros. Dos meus milhões de pensamentos por hora (você não sabia que tem tantos assim?) sintetizo aqui:
"A falta de direitos básicos são tristes em qualquer parte do mundo." 
"Uma pessoa é o que é em qualquer parte do mundo." 
"A saudade vai para qualquer parte do mundo." 
"A felicidade está em um lugar conhecido do mundo.""










Lindas imagens né?


Diário de Viagem: fotos e textos : AQUI!